Como tirar o melhor proveito das ofertas da Black Friday e da Cyber Monday Vou viajar: Como tirar o melhor proveito das ofertas da Black Friday e da Cyber Monday

20 de outubro de 2016

Como tirar o melhor proveito das ofertas da Black Friday e da Cyber Monday


Post atualizado em outubro de 2016

A Black Friday é liquidação feita na sexta-feira seguinte ao Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, e representa a abertura oficial da temporada de compras que só termina no Natal. Em 2016, cai no dia 25 de novembro.

O dia é literalmente de loucura no comércio: as grandes redes fazem uma guerra de preços já no primeiro minuto do dia (sim, logo após a meia-noite). Sabe aquela famosa sequência nos filmes em que uma multidão se pisoteia no momento de abertura de uma loja e pega nas gôndolas a primeira coisa que enxerga? É a Black Friday.

O acotovelamento ao próximo se justifica por causa dos preços. E, se os americanos se espancam em via pública por causa disso, imagine o que acontece com os brasileiros que caem por lá. Se os preços normais para nós são baixos, imagine em tempos de Black Friday. Esse frenesi ficou tão famoso que várias agências passaram a vender pacotes exclusivos para essa época.

Para que você possa dar uma espiada no que vai rolar, acesse os catálogos de algumas lojas:
Amazon
Best Buy
Target
Macy's
Toys R Us

Já a Cyber Monday foi inventada em 2005 para promover as compras pela internet, e cai na primeira segunda-feira depois do Dia de Ação de Graças. Neste ano, será no dia 28 de novembro.

A boa notícia é que os brasileiros não precisam sair de casa para aproveitar as ofertas gringas, já que as grandes redes cada vez mais fazem entregas no Brasil. Na internet, as ofertas começam na semana anterior à Black Friday, têm o seu auge na Cyber Monday e se prolongam por mais alguns dias. Na maioria dos casos, o uso de cupons de desconto também pode ser feito nas compras online.

Você tem duas opções para as entregas: pode usar o envio internacional oferecido por sites como a Amazon, a Gap e a Banana Republic ou usar um serviço de remessa para o Brasil. Normalmente, a entrega "oficial" encarece bastante o produto por causa do frete e do imposto de importação. Ainda assim, vale a pena em muitos casos.

Não tenho como testemunhar a favor ou contra os serviços de entrega porque nunca usei, mas há vários relatos a respeito na web.

Você também pode aproveitar para comprar livros eletrônicos (e-books) de barbada.  A Amazon tem  uma lista de vários títulos com descontos, com a vantagem de que você pode baixar o livro e começar a ler na hora. Caso você não saiba, não é mais necessário possuir um Kindle para comprar os e-books da Amazon. Você pode ler as obras no seu tablet, computador ou mesmo no celular.

Se você vai aos Estados Unidos, e quer aproveitar a Black Friday e a Cyber Monday com mais tranquilidade, sem ter que garimpar nas lojas, veja como comprar na Amazon e mandar entregar no hotel. Vale muitíssimo a pena. E, para economizar no frete, inscreva-se no serviço Prime, que prevê entregas gratuitas em prazos de 48 horas e que você pode cancelar depois de 30 dias de uso.

Leia também:
Como comprar na Amazon e mandar entregar no hotel nos EUA
Como conseguir frete grátis na Amazon usando o programa Prime
Como mandar entregar compras da Amazon em armários (lockers)
Quanto tempo a Amazon leva para entregar nos EUA
Cadeados - como fechar as malas em viagens para os EUA
Comprou demais? Dicas para comprar malas durante a viagem
Dicas para comprar o vestido de noiva e o enxoval em Miami
Saiba como é o Sawgrass Mills, o maior outlet dos EUA
Conheça os principais feriados nos Estados Unidos
Cadeados - como fechar as malas em viagens para os EUA