Como é a sala VIP da Aerolíneas Argentinas em Ezeiza Vou viajar: Como é a sala VIP da Aerolíneas Argentinas em Ezeiza

27 de janeiro de 2013

Como é a sala VIP da Aerolíneas Argentinas em Ezeiza

A sala VIP da companhia Aerolíneas Argentinas no terminal C, no aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, fica no segundo andar do setor de embarque. Suba as escadas rolantes, logo após o controle de passaporte, vire à esquerda e tome o elevador. O lounge atende a todos os parceiros SkyTeam da Aerolíneas.

Estivemos no lounge num domingo à tarde, à espera de um vôo da Air France para Paris, às 18h05. A sala, conhecida como Salón Condor, estava com uma lotação bastante razoável, os banheiros estavam limpos e o balcão de comidinhas estava bem abastecido. Havia, por outro lado, pouca coleta de pratos sujos. O wifi, embora não fosse um bólido, funcionava sem soluços.

O ambiente está bastante novo, como todo o terminal C, e oferece os serviços padrão de salas VIP: balcão com lanches básicos e bebidas, lounges com tevês, área com quatro computadores.



Os destaques são a área infantil, que é bastante grande e confortável, os lounges espaçosos com muitas tomadas elétricas e o wifi grátis com razoável velocidade.


O espaço infantil tem muitas mesas e cadeiras, uma tevê e um computador. Isso é uma mão na roda, porque mantém os pequenos distraídos em um ambiente onde eles podem fazer barulho:


Há também um toalete para crianças, com vaso sanitário e pias baixinhas:


Os toaletes para adultos são espaçosos, limpos, bem conservados e em bom número, mas não têm nenhuma facilidade adicional como ducha ou itens de toucador. Fica-se mesmo no sabonete líquido e papel higiênico:


O catering é "cumplidor": vários tipos de refrigerantes gelados e em grande quantidade, café expresso, chá, chocolate quente e capuccino. Para comer, media-lunas, sanduíches, bolos industrializados e barrinhas de cereal.


No setor de bebidas alcoólicas, além de cerveja, havia dois tipos de vinho tinto, um de vinho branco, martini, uísque, gim, etc. Para petiscar, queijo, azeitonas, salgadinhos de pacote e amendoins.


O ponto fraco são as publicações: poucos jornais e revistas, e a maioria dos títulos de pouca relevância. Para matar o tempo de espera para um vôo com conforto, a sala cumpriu mais do que bem o seu papel.