Como é almoçar na Torre Eiffel - restaurante 58 Vou viajar: Como é almoçar na Torre Eiffel - restaurante 58

27 de maio de 2013

Como é almoçar na Torre Eiffel - restaurante 58

A primeira vez que eu ouvi falar sobre os restaurantes na Torre Eiffel foi como uma dica para furar a fila de ingressos. Se você fizer uma reserva em um deles, não precisa pagar o ingresso e sobe por um elevador exclusivo.


Eu decidi não fazer essa opção porque estava com as crianças (de 6 e 8 anos) e não me parecia uma boa idéia, durante o inverno, ter um horário marcado para uma refeição que eu não sabia direito se ia dar certo. Resolvi apostar no destino, portanto. Deu certo: ficamos um tempinho na fila (era fevereiro,  época fria e de baixa temporada), subimos até o último andar, fomos descendo e acabamos almoçando no 58, que fica no primeiro andar.




É um restaurante que serve em estilo "piquenique chique": você escolhe o menu, a comida é posta em uma cestinha e você pode comer onde quiser. No inverno, a maioria escolhia mesmo comer nas mesas, que têm uma bonita vista para a cidade.

Vista de uma das mesas do restaurante 58
As opções não são muitas: há menu kids com hamburguer ou penne para as crianças e opções com entrada, prato principal e sobremesa para os adultos. A comida não é inesquecível, mas a vista é. :-) Para as crianças, a melhor parte é o musse de chocolate na forma da Torre que finaliza a refeição:


Se você optar por fazer a reserva, entre no site do restaurante e faça via internet. As opções para o almoço custam 38,60 euros e incluem o ingresso para o primeiro andar. À noite, o preço começa em 76,50 euros.

A opção de refeição mais sofisticada (e cara) na Torre Eiffel fica no segundo andar: é o Jules Verne, com menu assinado pelo chef Alain Ducasse. A reserva também inclui o ingresso para subir até o segundo andar por um elevador exclusivo, e pode ser feita no site do Jules Verne.

Vista do segundo andar da Torre Eiffel
Aqui você pode ver o vídeo institucional do restaurante 58 para ter uma idéia de como é a experiência:


Leia também:
Onde comer em Paris - Angelina
Au Vieux Campeur - A loja dos sonhos dos montanhistas em Paris

2 comentários:

Natasha Garcia disse...

Muito bacana. Recentemente, na empresa onde trabalho (www.mundoviagens.com.br) fornecemos uma pacote de viagem a um casal que comemorava 10 anos de casado e seu primeiro filho.
Foi emocionante elaborar todo o roteiro, que incluía um almoço na Torre Eiffel.
Show de bola!!!

Anônimo disse...

Gostaria de saber dos valores cobrados!