Devo ou não alugar um carro em Gramado e Canela?

O carro é a melhor opção para visitar cantinhos rurais da região, como o restaurante Berga Motta e o Ecoparque Sperry

Serra Gaúcha: com carro ou sem carro? Depende!

Se você vai se hospedar em um hotel central e pretende visitar os pontos turísticos mais populares, pode abrir mão do carro. Se vai optar por um hotel mais afastado e pretende explorar todos os cantinhos da região, precisará de um carro. Nós vamos sempre de carro.

Quem optar por não alugar carro terá vantagens para se locomover na cidade, já que estacionar tanto em Gramado quanto em Canela não é tarefa fácil. Nós, que vamos habitualmente à Serra Gaúcha pelo menos uma vez por mês, já conhecemos algumas manhas e ruas escondidinhas, mas mesmo assim não é na primeira volta que a gente consegue vaga. É preciso ter paciência.

Reino do Chocolate da Caracol, em Canela
O Reino do Chocolate é um dos muitos estabelecimentos que oferece transporte gratuito

Para chegar a Gramado e Canela, você pode contratar um transfer, usar ônibus de linha ou alugar um carro. Para saber mais sobre isso, leia o post Como chegar a Gramado e Canela.

Para ir e voltar de atrações e restaurantes, informe-se no hotel sobre estabelecimentos com transporte gratuito. Todos os grandes dispõem de vans que circulam o dia inteiro na região. Basta ligar para que eles vão buscar no hotel e depois levam de volta. Alguns parques também dispõem desse serviço.

Para os tours, use o ônibus turístico BusTour, que vai da Catedral de Canela até o Snowland e o Le Jardin. O BusTour tem passes de 1, 2 ou 3 dias, e você pode subir e descer nos pontos turísticos quantas vezes desejar. Além disso, você pode comprar os pacotes incluindo ingressos em atrações e parques.

Mapa do Bustour

Você também pode optar por contratar pacotes nas agências de turismo. As viagens mais longas vão até Bento Gonçalves (para o passeio de Maria Fumaça e visita a vinícolas) e à região dos cânions Itaimbezinho e Fortaleza. Os mais curtos vão desde citytours em Gramado e Canela até passeios rurais, pelos parques, pelas fábricas de chocolate e até pelas cervejarias. Duas das atividades que fazem muito sucesso são a Noite Alemã e a Noite Gaúcha.

Confira vários pacotes de várias agências nesse link.

O táxi, infelizmente, não é a melhor opção na região. As duas cidades dispõem de poucos veículos licenciados e às vezes a espera pode ser bem longa, especialmente em datas de eventos como o Natal Luz, o Festival de Cinema ou a Semana Santa.

Não há transporte público para o zoológico de Gramado (foto: divulgação)
O restaurante Lá em Casa fica fora da rota do transporte coletivo, mas também vale a pena

Alugar carro é a melhor decisão para quem vai ficar em hotéis mais afastados, gosta de passear fazendo seus próprios horários e curte as atrações mais rurais. Essa mobilidade vai permitir conhecer locais fantásticos como o Alpen Park, o EcoPark Sperry e seu restaurante Berga Motta, o restaurante Sabor Rural, o Lá em Casa, etc.

Parquímetro em Gramado

O estacionamento é difícil dentro da cidade de Gramado e há poucos locais privados que ofereçam esse serviço. As principais ruas têm estacionamento público rotativo com parquímetro funcionando das 8h45 às 18h45. As máquinas aceitam moedas e notas, mas não devolvem troco. O ticket mais barato cobre 20 minutos e o tempo máximo de permanência é de 3 horas. Se você exceder o tempo, verá uma notificação no carro que precisa ser regularizada no próprio parquímetro (há funcionários nas ruas que podem ajudar a fazer isso). Se você não fizer isso, será multado.

Um recado para os que pretendem dirigir na região: os gramadenses e canelenses, na sua maioria, obedecem às leis de trânsito. Isso significa que você TEM que dar preferência para os pedestres na faixa de segurança, mesmo que esteja circulando em uma rua que pareça uma estrada. Ao dobrar uma esquina, deve sempre fazer a conversão bem devagar, para não atropelar ninguém (lembre-se, lá eles realmente têm preferência).

Outro recado importante: quem estiver na rotatória sempre tem preferência, a menos que esteja sinalizado de outra forma.

A última dica: alugue o carro em Porto Alegre (você usar a RentCars para pesquisar preços em 140 locadoras diferentes). Além de economizar com o transfer, você pode subir a Serra passeando. O caminho é cheio de atrações e restaurantes interessantes que valem a pena.

Leia também:
Como chegar à Serra Gaúcha
Alugue um carro na Serra Gaúcha
Hotéis próximos ao aeroporto de Porto Alegre
Como escolher um hotel em Gramado para o Natal Luz


Booking.com

(function(d, sc, u) {
var s = d.createElement(sc), p = d.getElementsByTagName(sc)[0];
s.type = ‘text/javascript’;
s.async = true;
s.src = u + ‘?v=’ + (+new Date());
p.parentNode.insertBefore(s,p);
})(document, ‘script’, ‘//aff.bstatic.com/static/affiliate_base/js/flexiproduct.js’);

Luciane Aquino

Militante da economia digital, jornalista, viajadora, curiosa, leitora, tricoteira.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

VouViajar

contato@vouviajar.blog.br
+5551996782790

RBBV
VouViajar
Receba nossas dicas de viagem por e-mail: