Tutorial para escolher bem um hotel e fugir de roubadas Vou viajar: Tutorial para escolher bem um hotel e fugir de roubadas

4 de abril de 2016

Tutorial para escolher bem um hotel e fugir de roubadas

A escolha de um hotel é uma equação que leva em conta localização, preço e conforto (foto: CC0)
Há pouquíssimos anos, reservar um hotel em uma cidade desconhecida era um esporte de alto risco. As únicas opções para quem queria evitar perrengue era ter bons amigos cheios de dicas ou aquele agente de viagens especial e confiável que conhece o mundo inteiro.

Em tempos de internet, isso já não é mais necessário. Basta dominar as ferramentas disponíveis para alinhar as suas expectativas com a realidade e efetivamente evitar aquelas roubadas.

A gente conta, passo a passo, como abusar das informações disponíveis na rede para escolher o hotel perfeito.

1. Defina suas prioridades
Antes de mais nada, pense no que é importante para você. As variáveis mais frequentes são nível de conforto, distância e preço. Normalmente, um bom hotel bem localizado será caro. Se você estiver disposto a abrir mão da distância, pode conseguir um excelente hotel a bom preço. E assim por diante.

Lembre-se de que eleger uma opção distante dos locais que você visitará pode exigir custos extra, como aluguel de carro, táxi e transporte público. Além disso, há o inconveniente do tempo de deslocamento e a grande probabilidade de que você não volte ao seu quarto para descansar um pouco antes do jantar.

2. Decida quanto você quer gastar
Planeje seu orçamento para a hospedagem. Assim, você não perderá tempo vendo opções muito acima do que quer gastar.

3. Saiba quais são os hotéis mais bem avaliados na cidade
Depois de definir as suas prioridades e orçamento, descubra quais são os estabelecimentos com melhor avaliação na cidade. Comece pelo TripAdvisor, que é um site em que os turistas avaliam os hotéis do mundo inteiro. Preencha os dois campos do formulário com o nome da cidade e o tipo de estabelecimento procurado:



O site mostrará para você a lista de hotéis na cidade:


Essa lista pode pode ser ordenada por quatro critérios:
- Feito para você - são os hotéis que o TripAdvisor acha que se adequam ao seu perfil. Essa recomendação vai ficar melhor à medida que você usa o site
- Pontuação - É a lista de hotéis ordenada pela avaliação em estrelas dada por cada usuário. O resultado dessa avaliação aparece embaixo do nome de cada hotel. O Hilton Barra, por exemplo, é considerado pelos usuários o melhor dos 256 hotéis do Rio de Janeiro:


Essa é a primeira informação importante que você deve levar em conta ao fazer uma lista de hotéis aceitáveis para você. Ela ajuda, por exemplo, a escolher entre 4 ou 5 hotéis com preço similar na mesma região. Há algumas manhas adicionais, mas a gente explica mais abaixo. Além da pontuação, o site mostra alguns comentários relevantes e destaca pontos importantes.
- Menor Preço - ordena os hotéis segundo os valores da diária, e só funciona se você informar as possíveis datas da sua hospedagem.
- Distância - ordena segundo a distância do centro da cidade, mas você pode escolher outro ponto de referência
Na coluna da esquerda, você pode ainda aplicar filtros, como o tipo de acomodação (incluindo pousadas, hostels e apartamentos), preço, categoria, serviços específicos e pontos de referência.

4. Escolha a região
Na coluna da direita, escolha os bairros da sua preferência. Nesse exemplo, selecionamos três bairros da Zona Sul do Rio de Janeiro:


O site remove da lista os estabelecimentos que não estão nessa região e o primeiro da lista passa a ser o Miramar Hotel by Windsor:


Você pode ver os hotéis no mapa clicando no ícone na parte superior direita da página:


5. Filtre pelo preço
Agora é hora de pensar no orçamento. Na coluna da esquerda, preencha as datas da sua viagem e informe o preço máximo que você está disposto a pagar por noite:


6. Faça uma lista de possíveis opções
Para isso, você vai fazer um trabalho de detetive, tentando identificar os problemas e qualidades de cada hotel. Comece com a informação mais valiosa e sincera que o TripAdvisor oferece: as fotos publicadas pelos usuários. Elas são MUITO diferentes das fotos divulgadas pelas empresas, e mostram às vezes até mais do que você gostaria de ver. Para ver as fotos, clique no nome do hotel. Na página seguinte, você verá à direita as opções de imagens: as profissionais e as fotos de viajantes. Vá direito nas de viajantes.


O site oferece fotos categorizadas pelos ambientes do hotel. Dê uma investigada geral, mas detenha-se no aspecto que mais lhe interessa (podem ser os quartos, o restaurante, a piscina ou a área kids, por exemplo). As fotos vão mostrar colchões ruins, paredes descascadas, lençóis manchados e talvez uma ou duas amostras de matéria orgânica que você preferiria não ter visto.


7. Busque testemunhos
As fotos vão eliminar de cara vários dos hotéis e reduzir a sua lista. Agora, é hora de pedir a folha corrida de cada um. Você vai fazer isso lendo os comentários dos viajantes. Mas não é necessário ler todos os 700 textos. Leia somente os comentários dos que avaliaram o hotel com 2 ou 3 estrelas. Os primeiros dez bastarão para que você identifique o principal problema e decidir se ele é relevante para você. Se for barulho, por exemplo, e você dormir como uma pedra, isso é irrelevante. Se for a falta de água quente e você só toma banho frio, também é. Se você viaja com os filhos e os funcionários odeiam crianças, isso é impeditivo.

Para tornar a avaliação ainda mais útil, use os filtros abaixo segundo os seus interesses:


Os comentários aparecem assim:

8. Cheque as informações
Com a lista pronta, bata as informações em outra fonte. Agora é a vez do Booking. Lá, as fotos são as "oficiais", mas os comentários são muito valiosos e variados. Use a mesma estratégia do TripAdvisor: ordene os comentários pela nota mais baixa:


Depois, filtre pelo tipo de viajante:


Com essa checagem dupla, você estará a salvo de roubadas.

9. Hora de reservar
Decisão tomada, faça a reserva. Isso pode ser feito tanto no Booking quanto no TripAdvisor. Se você ainda tiver dúvidas, escolha uma opção com cancelamento gratuito e garanta a vaga. Depois você pode decidir qual manterá.

Lembre-se: quanto mais cedo você fizer a reserva, menos pagará. E isso também ajudará a conseguir vaga nos hotéis com melhor custo/benefício.
Mãos à obra!

Leia também:
Como escolher hotel para um casal com duas crianças