Afinal, como é e quanto custa um rodízio de fondue na Serra Gaúcha? Vou viajar: Afinal, como é e quanto custa um rodízio de fondue na Serra Gaúcha?

23 de maio de 2016

Afinal, como é e quanto custa um rodízio de fondue na Serra Gaúcha?

Rodízio de fondue, um clássico da Serra Gaúcha
Fondue, um clássico da Serra Gaúcha
Um passeio à Serra Gaúcha não está completo se não incluir um rodízio de fondue. Mas, afinal, o que vem no cardápio, e quanto isso custa em Gramado, Canela e Nova Petrópolis? A gente conta!

Mas, antes de prosseguir, vamos abordar um tema básico: como se pronuncia FONDUE? Clique no link abaixo e ouça como tratar brazucamente essa palavra de origem suíça:



Um rodízio de fondue tradicional consiste em três etapas: fondue de queijo, fondue de carne e fondue de chocolate. Ah, pois é! É um MONTE de comida, e nenhuma é exatamente leve. Considerando que é quase obrigatório tomar pelo menos um copo de vinho e que depois disso tudo é necessário jiboiar (saca jibóia?) por algumas horas, a nossa recomendação é:
- Não coma rodízio de fondue no almoço;
- Faça isso à noite, mas cedo, para fazer a digestão antes de dormir.

A outra recomendação é a de não vestir nenhuma roupa que você pretenda usar de novo no dia seguinte. É quase impossível que o sistema de exaustão de um restaurante dê conta de tantas panelinhas fumegando ao mesmo tempo, e há 100% de chance que o seu casaco lembre tanto do jantar quanto você.

Para contar a vocês como é o típico rodízio de fondue da Serra Gaúcha, nós visitamos o restaurante Unser Haus, em Nova Petrópolis, que só serve esse prato às sextas e sábados à noite (no fim de semana eles servem almoço, mas o buffet não inclui fondue). Esse é o rodízio deles:

Cardápio do rodízio de fondue do Restaurante Unser Haus, em Nova Petrópolis.

Antes de começar, no entanto, vamos à etiqueta:
1. O seu instrumento de trabalho será o talher de fondue:

Talher de fondue

 2. Você espeta o pão, vegetal ou fruta no garfo de fondue, insere na panelinha e se esforça para não perder a comida lá dentro.
3. Depois, você deposita a comida no prato e leva à boca com o garfo comum. Você não quer que todo mundo coloque o talher de fondue babado dentro da panelinha, né?
4. Tome cuidado, porque esse é um esporte quente. As panelinhas de queijo e chocolate e a pedra da carne vêm à mesa com um réchaud - um recipiente cheio de material combustível aceso. Sim, é fogo mesmo. Preste atenção nas crianças e contenha a criança que há dentro de você: evite gestos largos e não brinque com o réchaud. Se precisar calibrar o fogo, chame o garçom.

Voltemos ao que interessa:

1. FONDUE DE QUEIJO
A sessão pantagruélica é inaugurada com o fondue de queijo. Ele não é igual em todos os restaurantes, e é a variação dos acompanhamentos de cada etapa que costuma definir o preço de cada restaurante. Neste caso, há batatinha cozida, salsicha típica alemã, cenoura cozida, brócolis e cubos de pão colonial. Outras variações incluem cogumelos cozidos e cubinhos de polenta frita. Nos mais baratos, há basicamente pão francês e cubos de batata. No Unser Haus, nosso fondue de queijo veio assim:

Fondue de queijo

A estratégia é simples: é só mergulhar cada coisa no queijo, tomar cuidado para não queimar a língua e entrar num incrível looping em busca do que é mais gostoso. Será com a salsicha? Será com a batatinha? Será com o pão? Não, era melhor com a salsicha. Não, com a batatinha...

Acompanhamentos do fondue de queijo

Depois, vem o...

2. FONDUE DE CARNE

O festival começa com o despejo das dezenas de acompanhamentos na mesa. São vários recipientes com molhinhos que vão do muito salgado ao muito doce, passando por maioneses, chutneys, ervas e misturas que você nunca vai lembrar do que eram. A aparência é sempre apetitosa, assim:

Acompanhamentos do fondue de carne
Canequinhas com os acompanhamentos do fondue de carne

 Depois, vem a carne. No Unser Haus, há filé, entrecot e picanha de bovino, filé suíno e peito de frango. Outros rodízios, mais baratos, têm apenas uma carne de boi (dificilmente é filé), uma suína e uma de frango. Nosso pratinho era assim:

Fondue de carne

A mesa não fica linda?

Fondue de carne

Depois, vem a estrela da festa: uma pedra que foi aquecida em alta temperatura na cozinha e que será mantida quente com um réchaud. Se você se apaixonar pode comprar em lojas nas cidades serranas. Em Gramado, há na Prolar e em algumas lojas de presentes.

Antes de colocar a carne, você deve jogar uma leve camada de sal, que protegerá o alimento e evitará que grude na pedra:

Fondue de carne

Depois, é só ir colocando a carne na pedra. Não fique mexendo: ponha de um lado e, quando o sangue subir à superfície, vire UMA vez. Quando subir de novo, está pronto. Nham! Qual o molho melhor? Impossível saber. Eu gosto das geléias de laranja. Mas sempre provo os outros 20, fazer o quê?


Para terminar, vem o...

3. FONDUE DE CHOCOLATE

A lógica do fondue de chocolate é a de mergulhar frutas no chocolate, e ela é seguida em todos os restaurantes. A variação é por conta da qualidade e variedade das frutas. Em alguns casos, há sofisticações como no caso da Unser Haus, que inclui waffles e cuca de chocolate. Na minha opinião, nada vence um bom morango e uma azeda bergamota (ou mexirica).

Babe com as fotos:

Fondue de chocolate

Acompanhamentos de Fondue de chocolate
Melão, morango e uvas
Acompanhamentos de Fondue de chocolate
Waffles, maçã verde e banana
Acompanhamentos de Fondue de chocolate
Laranja, abacaxi e cuca de chocolate
Ainda vivo? Então vamos falar de dinheiro.

Pra começar, é sempre mais caro em Gramado. Depois disso, o preço de um fondue na Serra Gaúcha depende diretamente do serviço e da qualidade e variedade dos acompanhamentos. Se o restaurante tiver uma estrutura cara, com talheres finos, taças de cristal e decoração requintada e estiver em uma localização privilegiada, será caro. Se tiver uma estrutura mais barata mas oferecer produtos variados e de boa qualidade, será de preço moderado. Se tiver uma estrutura barata com produtos básicos, será mais barato.

Normalmente, o rodízio pode variar de R$ 40 (ou talvez R$ 39) por pessoa até quase R$ 100. Para economizar, você pode procurar sites de desconto, mas tenha ciência de que o preço máximo publicado nesses sites dificilmente é o real. Para saber quanto realmente está economizando, entre na página do restaurante no Facebook e pergunte.

Normalmente, crianças até 8 ou 9 anos não pagam, e jovens até 12 anos pagam meio rodízio. Leve isso em conta também quando comprar cupons de desconto.

Uma última dica: se estiver em Gramado ou Canela, ligue para o restaurante e pergunte se tem transporte. Muitos buscam e levam os clientes no hotel, o que permite que você beba, se quiser.

E aí, vai contar pra gente a sua experiência e dar as suas dicas?

Leia também:



Booking.com