Eataly: mercado, restaurante e parque de diversões gastronomico

Você curte comida? Curte a Itália? Curte comida italiana? Anote aí: você tem que ir ao Eataly. O primeiro aberto foi em Turim, mas também tem em Nova York, Toquio, Roma e… em São Paulo! Nós já conhecíamos o Eataly de Nova York, e nessa semana foi a vez de conferir a filial brasileira.

O conceito dos dois é o mesmo: um megaempório de comida que oferece muitos ingredientes frescos à maneira européia, que tem produtos industrializados mas de alta qualidade, com restaurantes distribuídos pelo ambiente e que também oferece aulas de cozinha. Deu fome, né? Em mim também. Babei no teclado só de lembrar.

O Eataly de São Paulo é um mega empório gastrô com três andares de perdição
O Eataly de São Paulo é um megaempório gastrô com três andares de perdição

A diferença entre os dois é o layout: o de Nova York é charmosamente instalado no primeiro andar de um prédio histórico ao lado do Madison Square Park, e é um labirinto de balcões, prateleiras e mesinhas que é ao mesmo tempo fascinante e confuso. É uma delícia para quem gosta de se perder vendo coisas lindas e saborosas, mas um desespero para quem é metódico e não quer perder nada. Além disso, ele tem uma extensão quase secreta no terraço do prédio, onde dá pra curtir uma delícia de happy hour.

O de São Paulo é bem paulistano: um ambiente enorme e aberto com três andares e muitas escadas rolantes e brilhantes. Nesse quesito, eu prefiro o charme de Nova York.

A dica é ir para o Eataly de SP no final da tarde (lá pelas 18h), passear calmamente pelos andares explorando o sem-fim de vitrines cheias de queijos, carnes, pães, massas frescas e mais 7 mil produtos. Pra você ir se aquecendo:

Pelas prateleiras, além de produtos italianos, há muitos produtos especiais brasileiros:

Produtos especiais brasileiros no Eataly, em São Paulo

Enquanto olha os balcões, vá investigando o menu de cada um dos restaurantes e monitorando a lotação. Lembre-se: em São Paulo, as hostes famintas surgem de uma hora para a outra e enchem as mesas feito gafanhotos. Quando algo parecido com fila começar a se formar, corra para o restaurante que você escolheu!

Nós escolhemos o Piazza. O menu pretende reproduzir o que se comeria e beberia em uma praça italiana em um final de tarde. Nossa escolha foi um frango com ervas acompanhado de abóbora assado. Estava maravilhoso! Para acompanhar, uma taça de pinot grigio. Melhor ainda! O preço foi honesto para padrões paulistanos: R$ 57 mais o serviço. Grazie mille!

As opções de restaurante são várias: pizza, massas, frutos do mar, carnes, cafeteria, sobremesas…

Tem um só de Nutella. Ju-ro. Olhaí:

Se você preferir, pode ir na hora do almoço, quando há menus que incluem sobremesa e vinho por R$ 44:

Gostou? O endereço é Av. Juscelino Kubitschek 1899, próximo ao shopping JK (outra visita obrigatória na região). Confira os horários de abertura e a programação no site do Eataly São Paulo.

Leia também:

Luciane Aquino

Militante da economia digital, jornalista, viajadora, curiosa, leitora, tricoteira.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

VouViajar

contato@vouviajar.blog.br
+5551996782790

RBBV
VouViajar
Receba nossas dicas de viagem por e-mail: