Três cachoeiras secretas bem pertinho da Serra Gaúcha

Cachoeira do Passo do S, no interior do município gaúcho de Jaquirana

O Rio Grande do Sul é cheio de riquezas naturais que nem mesmo os gaúchos conhecem. Quando recebemos o convite de amigos para acompanhá-los em um passeio por cachoeiras do interior de São Francisco de Paula e Jaquirana, nos Campos de Cima da Serra, não fazia a menor ideia das maravilhas que veria.

O passeio, organizado pela agência Rotas e Trilhas, especializada em saídas com veículos 4×4, começou cedo com um encontro regado a café preto e pastéis de queijo serrano no Café Tainhas. Ele é a entrada para a região, que fica a uma hora de Canela, na Serra Gaúcha, e no caminho de Cambará do Sul, onde ficam os cânions Itaimbezinho e Fortaleza, no Parque dos Aparados da Serra.

Terminado o café, saímos em uma caravana de oito veículos em direção à nossa primeira parada: a Cachoeira dos Venâncios, no interior de Jaquirana.

Cachoeira dos Venâncios, no interior de Jaquirana, no Rio Grande do Sul
Cachoeira dos Venâncios

A cachoeira fica dentro de uma fazenda, e o estacionamento é pertinho das quedas d’água. Em quatro etapas, o rio Camisas forma duas belas piscinas naturais, perfeitas para nadar. Além disso, a sombra farta na margem convida a um piquenique. Cada família levou a sua cesta e toalha e ali mesmo, com as crianças chapinhando na água, resolveu-se o almoço.

Mas essa não era a cachoeira mais bonita do roteiro. Meu queixo caiu na parada seguinte: a Cachoeira do Passo do S. Ali, a água do rio Tainhas cai de um lajeado de 80 metros de largura sobre um campo pintado de araucárias ed lindo de morrer:

O nome se deve ao formato do lajeado e ao fato de que o local, raso, foi usado por décadas pelos tropeiros para atravessar o rio com os animais de carga. Hoje, o “passo” pode ser atravessado de carro, a cavalo ou a pé. Dá para chegar muito perto da queda d’água e admirar a paisagem molhando só os tornozelos. 
E tudo isso sem muvuca. Não havia mais ninguém ali além do nosso grupo, e a única coisa que eu pensava era como aquilo não estava no roteiro de todo mundo que vai à região. Era, de longe, uma das cachoeiras mais bonitas que eu já tinha visto (e eu tenho umas bem famosas no meu currículo).

Cruzando o passo do S, em Jaquirana, RS
Cruzando o lajeado do passo do S

Agora era hora de terminar a trilha no Passo da Ilha, que é outra passagem usada pelos tropeiros para varar o rio Tainhas e onde fica uma ilha de 1,5 hectare que conta hoje com um camping e um restaurante.

Passo da Ilha São Francisco de Paula RS
Cruzando o Passo da Ilha
Passo da Ilha São Francisco de Paula RS
Cruzando o Passo da Ilha

A passagem é linda: os carros entram no rio, estacionam BEM no meio e a gente fica ali, vendo a água, as aves e a vida passarem ao mesmo tempo com calma e com pressa. É um daqueles momentos em que as energias ruins descem da gente junto com a correnteza.

Deixando a correnteza fazer o seu trabalho no Passo da Ilha
Deixando a correnteza fazer o seu trabalho no Passo da Ilha

Alma lavada, é hora dos carros descerem a corredeira em direção ao camping para a última parada estratégica. Não vou contar, o vídeo explica:

De volta à estrada, rumo a Gramado, fomos brindados com essa exuberante paisagem ao cair do sol:

Campos de Cima da Serra, São Francisco de Paula, RS
Campos de Cima da Serra
Campos de Cima da Serra, São Francisco de Paula, RS
Campos de Cima da Serra

Veja, no mapa, onde ficam as cachoeiras (as informações práticas estão mais abaixo):

Quer fazer um desses passeios? Se você tem um veículo 4×4, trace o seu roteiro no mapa (veja o nosso roteiro saindo de Gramado) e faça de maneira autônoma ou procure as agências da região (São Francisco de Paula, Cambará do Sul ou Jaquirana). As trilhas podem ser feitas com veículo próprio ou nos da agência. A melhor época do ano é a de calor, quando é possível tomar banho nas cachoeiras.
Leve água, lanches, maiô, repelente e pelo menos uma muda adicional de roupa!

Leia também:
Luciane Aquino

Militante da economia digital, jornalista, viajadora, curiosa, leitora, tricoteira.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

VouViajar

contato@vouviajar.blog.br
+5551996782790

RBBV
VouViajar
Receba nossas dicas de viagem por e-mail: